segunda-feira, 7 de março de 2011

Inteligência Emocional na empresa.


Foi-se o tempo em que a idéia de contratar pessoas era a mesma de "DAR um emprego" - como se fosse um favor.
Foi-se o tempo em que o QI era garantia de sucesso.
Foi-se o tempo em que se pensava que os diplomas diziam quem eram  as pessoas.
Foi-se o tempo em que se exercia liderança só na base da hierarquia.
Foi-se o tempo em que o tempo de casa era uma credencial - embora "santo de casa não faça milagres", lembra ?.
Foi-se o tempo em que não questionar um processo da empresa era sinal de comprometimento.
Foi-se o tempo em que não divergir do chefe era sinônimo de lealdade.
Foi-se o tempo em que se pensava que as emoções nada tinham a ver com as decisões e com o desempenho no trabalho.
Foi-se o tempo em que "clima organizacional" era apenas uma idéia sobre o que as pessoas pensavam da empresa e de seus chefes.
Foi-se o tempo em que se mantinha o controle sem ouvir as pessoas e dando ordens compulsoriamente.

Se você diverge de qualquer das afirmações acima, está na hora de aprender sobre "Inteligência Emocional", do contrário vai se dar mal. Não é praga rogada, é apenas o que acontece quando a gente "nada" contra a corrente.

O mundo de hoje mudou mais rapidamente do que as idéias que você tem sobre ele. Nesse mundo estão as pessoas e o ambiente que elas criaram para sobreviverem. Pois chegou a hora de fazer um "update" para você voltar a se inserir nele.
.
by Dalton Cortucci

Leve para sua empresa ou instituição uma de nossas palestras ou workshops sobre Inteligência Emocional, Eneagrama e Coaching.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...